Europa

Museu do carro de Málaga e almoço em Pimpi

Vkontakte
Pinterest




Com um rosto de sono tremendo, apresentamos os quatro no restaurante do hotel Tryp Alameda para tomar cafe da manhã. Fomos até a recepção para encontrar Daniel e continuar nossa visita a Málaga. O programa daquele dia não foi tão intenso, desde o nosso voo de volta para casa no início da tarde. Começamos a manhã dando um passeio pelo praia de misericórdia, uma praia nos arredores de Málaga, cujo litoral foi construído recentemente. A praia tem um quilômetro e, logo pela manhã, você pode ver pessoas andando de bicicleta ou tomando banho de sol.

Quando vi o programa de viagens do blog, visitei o Museu do Automóvel Foi o que menos me atraiu a princípio. Eu não sou um amante de motores, ou qualquer coisa ao seu redor, então pensar que passaríamos algum tempo entre velas de ignição e pistões me pareceu ser o mais soporífico. No entanto, novamente eu estava totalmente errado, porque o Museu do Automóvel era o que eu mais gostei na visita a Málaga.

O museu está localizado no antigo edifício da fábrica de tabaco, que foi restaurado para abrigar uma das coleções mais importantes do mundo. Atualmente, o museu exibe 90 dos 120 veículos que possui em perfeito estado de restauração.

Começamos a visita pela sala Belle Époque, uma das mais impressionantes, que tem carros do final do século XIX até 1914. O carro mais antigo da coleção é de 1898 e é chamado de carro sem cavalos, porque na verdade era exatamente como um carro, mas com um motor em vez de um cavalo.

Pelas salas, vimos a evolução do carro, do veículo como um mero objeto de ostentação que somente as classes altas podiam acessar (e na qual era mais importante ser visto em um que os desconfortos envolvidos), até chegar à concessionária. comum que conhecemos hoje. Do carro que Mussolini usou, o Terceiro Reich, Al Capone, James Bond, Jonh Lennon e no qual ele deu cera e cera polida o protagonista de Karate Kid.

Embora nenhum de nós quatro estivéssemos muito no mundo automóvel, gostamos da visita e até nos deixou muito curtos. Depois de tirar algumas fotos no museu, voltamos à van para ir ao Gibralfaro.

Vkontakte
Pinterest